, ,

Análise comparativa da estabilidade primária de implantes dentários com diferentes desenhos inseridos em modelo ósseo de baixa densidade


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 11 – Número 43 – 2020 CADERNO DE IMPLANTODONTIA Artigo original Página 56-62 Análise comparativa da estabilidade primária de implantes dentários com diferentes desenhos inseridos em modelo ósseo de baixa densidade Rodrigo Chenu Migliolo¹ José Ricardo de Albergaria-Barbosa¹ Rafael Ortega Lopes² Douglas Rangel Goulart³ RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar e comparar a estabilidade primária, através do torque de inserção, de 3 tipos de implante com macrogeometrias diferentes, utilizando um modelo de osso sintético de baixa densidade. Foram utilizados 30 implantes da marca comercial Neodent®, sistema Grand Morse®, que apresentam 3 diferentes macrogeometrias (Helix®, Drive® e Titamax®). Todos os implantes apresentavam diâmetro (3,5 mm), comprimento (13 mm) e tratamento de superfície (Neoporos®) similares. Os implantes foram inseridos em um bloco de poliuretano (Nacional Ossos®) de densidade 15 PCF ou 0,24 g/cm3 , compatível com osso tipo 3. As perfurações e inserção foram realizadas com motor cirúrgico IChiropro®, acoplado a um Ipad Air (Apple®) com o software do próprio motor (iChiropro IOS App – Bien Air), e contra-ângulo redutor de velocidade 20:1 (Nsk® modelo SG20), seguindo as orientações do fabricante. A mensuração do torque de inserção foi feita com o motor cirúrgico IChiropro® e catraca-torquímetro Neodent®. Os valores obtidos pelos implantes Drive® e Helix ® foram estatisticamente superiores ao implante Titamax®. Não houve diferença estatística entre os implantes Helix® e Drive®. O diferente formato do corpo dos implantes é um fator que interfere na estabilidade primária. Os implantes cônicos Drive® e Helix® apresentam maior torque de inserção quando comparados ao implante cilíndrico Titamax®. Diferenças na geometria da rosca e câmaras de corte entre os implantes Drive® e Helix® não influenciam no torque de inserção. Descritores: Implantes dentários, torque, osseointegração. ¹ Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofaciais – FOP-UNICAMP. ² Implantodontia – Faculdade São Leopoldo Mandic – Campinas/SP. ³ Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofaciais – Centro Universitário Euroamericano, Brasília/DF.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Análise comparativa da estabilidade primária de implantes dentários com diferentes desenhos inseridos em modelo ósseo de baixa densidade"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close