, ,

Resistência adesiva ao teste de Push Out de pinos de fibra de vidro cimentados em dentina radicular bovina com diferentes estratégias de união


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 10 – Número 38 – 2019 CADERNO DE ODONTOLOGIA CLÍNICA Artigo de Prótese Artigo original / Original article  Página 112-122 Resistência adesiva ao teste de Push Out de pinos de fibra de vidro cimentados em dentina radicular bovina com diferentes estratégias de união Adhesive resistance to the Push Out test of fiberglass pins cemented in bovine root dentin with different bonding strategies Filipe Augusto Rocha de Oliveira1 Mariella Agostinho Gonçalves Lourenço2 Lucas Henriques Rosa1 Resumo O objetivo desta pesquisa foi avaliar a resistência da união, pelo método de push out, de pinos de fibra de vidro cimentados com cimento resinoso dual associado ao sistema adesivo Single Bond Universal, através de diferentes estratégias adesivas. Em 40 incisivos bovinos, um pino de fibra de vidro (Whitepost DC nº3) foi cimentado com cimento resinoso dual (RelyX ARC) e adesivo (Single Bond Universal). Os dentes foram divididos em 4 grupos (n = 10), de acordo com a estratégia de união. No Grupo 1 não se realizou nenhum tratamento do substrato dentinário. O Grupo 2 recebeu condicionamento com ácido fosfórico 37%. O Grupo 3 recebeu a aplicação de clorexidina 2% e o Grupo 4 recebeu condicionamento com ácido fosfórico 37% e aplicação da clorexidina 2%. Os grupos foram fatiados (1,8 mm) em três porções (cervical, média e apical) e tiveram seus pinos deslocados pela máquina universal de ensaios mecânicos. A análise estatística foi feita pelos testes ANOVA e Post Hoc de Tukey (p = 0,05). A técnica autocondicionante obteve maiores valores em MPa, mostrando a não necessidade de condicionamento ácido para melhoria da resistência adesiva. Para a técnica com condicionamento ácido, com e sem clorexidina, os valores de resistência adesiva foram estatisticamente semelhantes nos três terços radiculares. Para a técnica autocondicionante, com e sem o uso da clorexidina, a região cervical exibiu os maiores valores de resistência adesiva. Em ambas as técnicas, convencional e autocondicionante, não houve diferença significativa nos valores imediatos de resistência adesiva ao uso da clorexidina. Descritores: Adesivos, cimentos dentários, tratamento do canal radicular, cura luminosa de adesivos dentários. Abstract The aim of this research was to evaluate by the push up method the bonding strength of fiberglass pins cemented with dual resin cement associated to the Single Bond Universal adhesive system through different adhesive strategies. In 40 bovine incisors, a fiberglass pin (Whitepost DC nº3) was cemented with dual resin cement (RelyX ARC) and adhesive (Single Bond Universal). The teeth were divided in 4 groups (n = 10), according to the union strategy. In Group 1, no treatment of the dentin substrate was performed. Group 2 received conditioning with 37% phosphoric acid. Group 3 received 2% chlorhexidine and Group 4 received conditioning with 37% phosphoric acid and 2% chlorhexidine application. The groups were sliced (1.8 mm) in three portions (cervical, middle, and apical) and had their pins displaced by the universal machine of mechanical tests. Statistical analysis was performed by ANOVA and Tukey’s Post Hoc tests (p = 0.05). The self-etching technique obtained higher values in MPa, showing no need of acid conditioning to improve the adhesive strength. For the acid-conditioning technique with and without chlorhexidine, adhesive strength values were statistically similar in the three-thirds root. For the self-etching technique with and without the use of chlorhexidine, the cervical region exhibited the highest values of adhesive strength. In both techniques, conventional and self-etching, there was no significant difference in the immediate values of adhesive resistance to the use of chlorhexidine. Descriptors: Adhesives, dental cements, root canal preparation, light-curing of dental adhesives. 1 Especializando em Prótese Dentária – CEUEJF, CD. 2 Me. em Clínica Odontológica – UFJF, Esp. em Dentística – UFJF, CD.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Resistência adesiva ao teste de Push Out de pinos de fibra de vidro cimentados em dentina radicular bovina com diferentes estratégias de união"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close