, ,

Estabilidade do tratamento não-cirúrgico da Classe iii


R$56,00

  Perguntas e Respostas
O objetivo desta revisão sistemática foi avaliar a literatura disponível no que diz respeito à estabilidade a longo prazo do tratamento não cirúrgico e sem extrações da má oclusão de Classe III, ao final do crescimento craniofacial ativo. Foi conduzida uma busca na literatura nas bases de dados PubMed, Embase, Central Cochrane de Cadastro de Ensaios Controlados, Scopus e Google Scholar até a primeira semana de Outubro de 2015. Os critérios de inclusão foram aplicados com o propósito de avaliar a estabilidade do tratamento da Classe III em pacientes acompanhados até o término do crescimento. Uma avaliação qualitativa dos estudos foi realizada. A busca identificou 220 artigos, dos quais 11 preencheram os critérios de inclusão. Após a análise qualitativa, 10 estudos foram classificados como de valor moderado de evidência científica e serviram de base para as conclusões do presente estudo e 1 estudo foi classificado como de baixo valor de evidência. Com base nos estudos avaliados, quando pacientes Classe III foram acompanhados até o final do crescimento craniofacial ativo, o tratamento obteve resultados positivos em cerca de 54% a 88,5% dos indivíduos estudados. O fator de maior influência sobre o sucesso a longo prazo do tratamento da Classe III foi a quantidade e direção de crescimento mandibular durante e após a adolescência. A contenção ativa deve ser utilizada em pacientes em crescimento para evitar a recidiva da Classe III devido à tendência de crescimento anterior mandibular pós-tratamento.
Descritores: Má oclusão de Classe III, estabilidade do tratamento.
Abstract
The aim of this systematic review was to assess the available literature about long-term stability of nonsurgical and nonextraction Class III malocclusion treatment at the end of active craniofacial growth. A literature survey was performed until October of 2015 on PubMed, Embase, Cochrane Central of Controlled Trials, Scopus and Google Scholar databases. The inclusion criteria were applied for the purpose of assessing the stability of Class III treatment in subjects followed-up until the end of growth. Qualitative assessment of the studies was performed. The search returned 220 articles from which 11 fulfilled the inclusion criteria. After qualitative assessment, 10 studies were classified as of moderate value of scientific evidence and served as a basis for the conclusions of the present study and one was graded as of low value of scientific evidence. Based on the studies assessed, when Class III subjects follow-up was performed until the end of active facial growth, the treatment presented successful outcomes in about 54% to 88.5% of subjects studied. The major factor that determined longterm success of Class III treatment was the amount and direction of mandibular growth during and after adolescence. The active retention should be used in subjects growing up to avoid Class III relapse, due to the tendency of anterior mandibular growth post-treatment.
Descriptors: Class III malocclusion, treatment stability.
Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Estabilidade do tratamento não-cirúrgico da Classe iii"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close