, ,

Tratamento da Classe III em adultos sem cirurgia ortognática


R$56,00

  Perguntas e Respostas

A má oclusão de Classe III é muito difícil de se diagnosticar e tratar, e o tratamento ortodôntico precoce tem sido a principal forma de tratamento para os pacientes que apresentam esta deformidade, com
envolvimento dentário e/ou esquelético3,4,5,8,15,17, geralmente com a utilização de máscaras faciais, mentoneiras, aparelhos funcionais para Classe III21,48,49. Portanto, a fase de crescimento em que o paciente se encontra, seu potencial de cooperação, hereditariedade e, principalmente, as estruturas anatômicas envolvidas nesta má oclusão irão influenciar nos resultados de qualquer tipo de terapia conservadora14,25,27,34-37,46.
Entretanto, alguns pacientes que não foram tratados precocemente ou apresentaram recidiva do tratamento precoce durante a fase de surto de crescimento, muitas vezes recorrem ao tratamento ortodôntico
na dentadura permanente. Normalmente, nesta fase o prognóstico do tratamento torna-se mais difícil3,5,8,15,17,45. Sabe-se que a maioria dos pacientes que apresentam esta deformidade, geralmente tornam-
-se sérios candidatos à cirurgia ortognática. O principal problema é que os pacientes que são relutantes em
relação à cirurgia, ou encontram-se relativamente satisfeitos com a sua aparência, buscam uma alternativa
conservadora. O que queremos demostrar é uma das únicas alternativas para estes pacientes que não
buscam a cirurgia, o tratamento por meio de uma compensação dentoalveolar. Obviamente, a terapia
cirúrgica produziria um melhor resultado estético ao perfil do que a simples compensação ortodôntica7,18.
Contudo, muitos pacientes questionam o tratamento cirúrgico, na maioria das vezes, pelo seu risco e alto
custo. Este tipo de plano cirúrgico sob anestesia geral comumente é rejeitado pelos pacientes e seus pais31,
assim como ocorreu com todos os pacientes selecionados neste artigo. Infelizmente um grande número
de ortodontistas acredita que a intervenção cirúrgica para pacientes adultos que apresentam este tipo de
problema seria a única alternativa para o restabelecimento de uma oclusão normal. Isto ocorre, principalmente, por desconhecerem os resultados das alterações de uma mecânica conservadora, embora na
literatura alguns relatos de casos clínicos19,20,29,30,38,39,41 demonstrem as respostas individuais em pacientes
de Classe III tratados sem cirurgia.
Neste artigo apresentaremos a técnica Biofuncional Classe III por meio de alguns pacientes que apresentavam inicialmente má oclusão esquelética e dentária de Classe III e rejeitaram a opção cirúrgica pelos
motivos já relatados anteriormente.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Tratamento da Classe III em adultos sem cirurgia ortognática"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close