, ,

Análise dos traumas de face que acometem mulheres vítimas de violência doméstica


R$56,00

  Perguntas e Respostas

O presente trabalho visa tratar as informações
sobre os mais diversos tipos de violências, acometidos
contra a mulher, tendo como locus de
pesquisa a DEAM, Delegacia Especializada de
Atendimento à Mulher, nos anos de 2009/2010,
no município de Belém, Estado do Pará. Verificouse
210 laudos periciais. Observou-se que as agressões
acontecem por meio da violência física direta,
com socos e pontapés em 50% dos casos, tendo
como região mais acometida a região nasal com
35 ocorrências, contabilizando 12% dos casos.
Pode ser visto que a faixa etária dos 23 a 36 anos
representa 72% das situações de violências. A
maior quantidade de ocorrências registradas está
entre as mulheres casadas. Defende-se, a partir
deste estudo, que as ações contra as violências
devam ser assumidas por todas as políticas sociais
e por todos na sociedade, visto que os serviços estatais
precisam passar por ações de investimentos,
seja de infraestrutura, seja de formação continuada
para os seus profissionais.
Descritores: Violência contra a mulher, traumatismos
faciais, agressão, prova pericial, odontologia
legal.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Análise dos traumas de face que acometem mulheres vítimas de violência doméstica"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close