, ,

Restauração de Classe II em resina composta – da anatomia ao ponto de contato ideais


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Restaurações Classe II em dentes posteriores foram por muito tempo realizadas de modo
direto com amálgama, material passível de ser condensado vertical e lateralmente, devolvendo anatomia e pontos de contato ideais para os dentes. Com a procura crescente por
restaurações estéticas e com os preparos minimamente invasivos, a resina composta passou
a ser largamente utilizada, porém sem bons resultados. Isso acontecia devido à viscosidade
e escoamento do material que impediam sua condensação, dificultando a devolução de um
ponto de contato ideal. Uma grande evolução nos materiais e técnicas de utilização permitiu
suprir essas necessidades, como o desenvolvimento de matrizes, grampos e espátulas, que
proporcionaram maior facilidade no manuseio das resinas compostas. Um desses sistemas, o
Unimatrix R (TDV) foi utilizado no presente caso clinico para restauração de Classe II MO de
dente posterior em resina composta, com bom resultado de reanatomização e reestabelecimento de ponto de contato.
Descritores: Restauração resina composta, Classe II, pontos de contato proximais, grampos separadores, matriz.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Restauração de Classe II em resina composta – da anatomia ao ponto de contato ideais"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close