, ,

Previsibilidade de movimentos dentários com alinhadores estéticos – acelerando a curva de aprendizagem


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 14 – Número 56 – 2021 Caderno Digital Dentistry in Science Página 113-119 Previsibilidade de movimentos dentários com alinhadores estéticos – acelerando a curva de aprendizagem Stenyo Tavares¹ Mauro Melo² Mauricio Accorsi³ Resumo A utilização correta dos alinhadores transparentes está diretamente ligada com a velocidade da curva de aprendizagem pela qual passam os profissionais. As maiores dificuldades parecem ser a indicação correta dos casos, o gerenciamento do fluxo digital e o manejo clínico, que estão intrinsecamente ligados ao conhecimento do funcionamento da técnica, ou seja, das propriedades de liberação de forças (propriedades mecânicas dos materiais termoplásticos), quando utilizadas em um contexto de customização por meio de sistemas CAD/CAM. Para um melhor entendimento do tema em relação aos tipos de movimentos dentários, esse artigo estabelece uma classificação de dificuldade em três categorias, variando de acordo com a quantidade de alinhadores necessários: até 10 fases (placas) para casos simples (movimentos pontuais), até 20 fases para os casos moderados e acima de 20 alinhadores para casos complexos computando-se sempre por arcada dentária. Descritores: Alinhadores estéticos, movimentação dentária, Ortodontia digital. ¹ Mestre e Doutor em Ortodontia, Prof. Do curso de especialização em ortodontia – ABO-PE e SEC-Recife. ² Especialista em Ortodontia – ASCES. ³ Especialista e Mestre em Ortodontia – FOUSP, Coordenador Científico do DDS-BR (Editora Plena). DOI: 10.24077/2021;1456-113119

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Previsibilidade de movimentos dentários com alinhadores estéticos – acelerando a curva de aprendizagem"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close