, ,

Prevalência de más-oclusões nos estudantes do curso de odontologia da Universidade Federal do Maranhão


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Estudo da ocorrência de más-oclusões nos estudantes do Curso de Odontologia da Universidade Federal do Maranhão. Incluíram-se na amostra 84 estudantes, sendo 33 do sexo masculino e 51 do sexo feminino. Analisaram-se as más-oclusões de acordo com a classificação de Angle, considerando-se a presença de apinhamento dental, diastemas anteriores, mordida cruzada, mordida aberta, mordida topo-a-topo e possíveis diferenças entre os sexos. Constatou-se uma prevalência de más-oclusões de 91,67%. Verificou-se que 53,57% dos estudantes apresentaram má-oclusão Classe I, 26,19% má-oclusão Classe II (16,67% divisão 1 e 9,52% divisão 2) e 11,60% Classe III. O apinhamento dental inferior apareceu em 66,67%, o apinhamento dental superior em 20,24%, diastemas anteriores em 17,86%, mordida cruzada posterior em 13,10%, mordida cruzada anterior e mordida aberta anterior ambas em 5,95%, mordida topo-a-topo em 3,57% e mordida aberta posterior em 1,19%. Não houve diferença entre os sexos na prevalência geral das más-oclusões, tendo somente a mordida cruzada posterior uma freqüência estatisticamente maior no sexo masculino.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Prevalência de más-oclusões nos estudantes do curso de odontologia da Universidade Federal do Maranhão"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close