, ,

Preservação da crista alveolar através da utilização de membrana densa de politetrafluoretileno


R$56,00

  Perguntas e Respostas
Resumo
O processo de remodelação óssea que inicia-se após a extração de um dente pode dificultar a reabilitação através de implantes dentários. Nesse sentido, a técnica de regeneração óssea guiada (ROG), com o uso de membrana não reabsorvível, busca minimizar estes efeitos, favorecendo a cicatrização do alvéolo e diminuindo a necessidade de enxertos ósseos. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização da membrana densa de politetrafluoretileno (d-PTFE) em alvéolos pós-extração. Para isso, 8 pacientes que foram submetidos à remoção de elemento dentário receberam em seus alvéolos a colocação da membrana d-PTFE. A mesma foi posicionada sobre o alvéolo imediatamente após a extração e deixada no local por 21 dias. Para avaliar a preservação do rebordo alveolar, tomografias foram realizadas no pré-operatório e no pós-operatório de 90 dias. Os resultados mostraram uma efetiva preservação do rebordo alveolar proporcionado pelo uso da membrana. A perda óssea em espessura dos alvéolos foi de apenas 0,32 mm, em média. Já a perda óssea em altura foi de 0,79 mm, em média. Oito implantes foram instalados, sendo que nenhuma complicação ou perda de implantes foi observada. A membrana de PTFE denso mostrou-se efetiva na manutenção da arquitetura alveolar, minimizando a perda óssea em altura e espessura.
Descritores: Reabsorção óssea, regeneração tecidual guiada, politetrafluoretileno, implante dentário.
Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Preservação da crista alveolar através da utilização de membrana densa de politetrafluoretileno"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close