, ,

Posição óssea dos implantes com conexão cone morse – estudo fotoelástico experimental


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Esse estudo teve como objetivo avaliar a distribuição de forças, através da fotoelasticidade, em implantes com conexão tipo cone morse em diferentes posições quanto ao nível
ósseo, quando submetidos a carga axial. Três modelos fotoelásticos foram confeccionados
com os implantes inseridos em diferentes situações: ao nível ósseo (Grupo1), 1 mm abaixo
do nível ósseo (Grupo 2) e 1 mm abaixo do nível ósseo com recobrimento da plataforma do
implante (Grupo 3). Os modelos foram levados a um polariscópio e foi aplicada uma carga
de 30N, no sentido axial e outra com angulação de 45 graus. Os resultados demonstraram
que nos Grupos 1 e 2 as forças se dissiparam em uma área menor da amostra, enquanto que
no Grupo 3 a distribuição das tensões foi em uma área muito maior. Assim, pode-se concluir
que onde o implante foi colocado 1 mm abaixo e recoberto por osso (Grupo 3), as forças
geraram um estresse muito menor ao suporte e muito menos concentradas.
Descritores: Implantes dentários, distribuição de cargas, osseointegração, fotoelasticidade, cone morse.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Posição óssea dos implantes com conexão cone morse – estudo fotoelástico experimental"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close