, ,

Fatores associados à estabilidade a longo prazo de implantes dentários


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
O desenvolvimento de implantes dentários revolucionou as possibilidades de reabilitação
para pacientes parcial ou totalmente desdentados. Apesar das elevadas taxas de sucesso clínico, falhas durante e após a osseointegração podem ocorrer. O acompanhamento clínico e
radiográfico de pacientes submetidos a implante deve incluir a avaliação de índices clínicos
como dor, mobilidade, perda de crista óssea, profundidade de sondagem e periimplantite.
Fatores genéticos como polimorfismos nos genes da proteína interleucina-1 (IL1) podem ser
utilizados no monitoramento da saúde do implante, minimizando possibilidade de falha. O
objetivo deste trabalho foi estudar fatores que influenciam a estabilidade a longo prazo de
implantes dentários a partir de revisão de literatura. A estabilidade a longo prazo de implantes
dentários depende também de profissionais que atuam, responsavelmente, na implantodontia e reabilitação oral, pois o sucesso do implante está relacionado à integração entre essas
especialidades odontológicas.
Descritores: Osseointegração, implantação dentária, longevidade, fatores de risco.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Fatores associados à estabilidade a longo prazo de implantes dentários"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close