, ,

Efeito de agentes dessensibilizantes na resistência de união de um sistema adesivo autocondicionante


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Uma adesão satisfatória pode ser dificultada na presença de agentes dessensibilizantes,
como nas cavidades do tipo Classe V. Este estudo teve como objetivo investigar a influência
de dois agentes dessensibilizantes na resistência de união de um sistema adesivo autocondicionante quando aplicados previamente ao sistema adesivo. Foram utilizadas 30 coroas de
incisivos bovinos, sendo incluídos em buchas de redução de PVC pré-fabricadas, com auxílio
de resina acrílica. A superfície vestibular foi preparada, deixando a dentina exposta e os 30
conjuntos foram divididos em três grupos: G1 (adesivo + resina), G2 (oxagel + adesivo + resina) e G3 (G.H.F + adesivo + resina). Então, cilindros de resina composta (4 mm de diâmetro
e 4 mm de altura) foram confeccionados. Decorridas 24 horas, os espécimes foram submetidos ao ensaio de cisalhamento e velocidade do atuador de 0,5 mm/min. Os dados foram
submetidos ao teste de análise de variância de um fator (Anova – one way), complementados
pelo teste de Tukey. Houve diferença estatística significante entre os tratamentos (G2 – 2,49
< G1 – 11,01 = G3 – 10,1). Assim, conclui-se que a resistência de união do sistema adesivo
autocondicionante na dentina pré-tratada com agentes dessensibilizantes é prejudicada pelo
uso do produto à base de oxalato.
Descritores: Dentina, dessensibilizantes dentinários, adesivos dentinários.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Efeito de agentes dessensibilizantes na resistência de união de um sistema adesivo autocondicionante"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close