, ,

Controle por meio de tomografia computadorizada para tracionamento de caninos superiores permanentes não irrompidos – relato de caso


R$56,00

  Perguntas e Respostas
O objetivo deste relato de caso foi mostrar o tracionamento de caninos impactados em posições desfavoráveis numa paciente de 13 anos e 3 meses. Foram realizadas uma tomografia computadorizada e radiografia panorâmica inicial para averiguação da posição e angulação dos caninos. A tomografia mostrou o canino superior direito em posição horizontal em relação aos dentes adjacentes e localizado apicalmente, e o canino superior esquerdo, em uma angulação favorável para o tracionamento. A paciente foi encaminhada para extração dos caninos decíduos superiores direito e esquerdo. Em seguida,   realizou-se a colagem do aparelho fixo superior com molas de secção aberta de aço inoxidável para obtenção do espaço suficiente para os caninos e, após, iniciou-se o tracionamento. Durante o tratamento ortodôntico, controles foram obtidos com tomografias após 11 meses de tratamento e dois anos pós-tratamento. Assim que ocorreu a irrupção parcial da coroa do canino superior direito na cavidade bucal, colou-se um botão, e com arcos de níquel titânio superelásticos, o dente foi tracionado lentamente (para não sofrer alterações de tecido mole) em direção ao arco dentário. Na finalização, a paciente utilizou elásticos intermaxilares para auxiliar o posicionamento correto no arco dentário. Os resultados obtidos foram muito satisfatórios considerando a angulação horizontal do canino superior direito na tomografia inicial, e obteve-se o correto encaixe dos dentes em Classe l de caninos com grande harmonia e estética.
Descritores: Dente impactado, Ortodontia corretiva, tomografia computadorizada.
Abstract
The aim of this case report was to present the case of a 13.3 year old patient submitted to traction of impacted canine in a very unfavorable position. CT scan and initial panoramic radiograph were performed to determine the position and angulation of the canines. The CT scan showed tooth 13 in an apical position horizontally to the adjacent teeth. On the other hand, the tooth 23 was at a favorable angle for traction. The patient was referred for extraction of deciduous teeth 53 and 63. Then a fixed appliance with stainless steel open coil springs was installed to open space for the canines. After obtaining enough space in the arch, one closed coil spring was installed in the regions of canines to maintain the space and then start the traction. During orthodontic treatment CT scans performed at 11 months and again 2 years after treatment.  As a part of the 13 crown erupted in the oral cavity, a button was installed and superelastic NiTi wire was used to slowly traction the tooth (not to suffer soft tissue changes) toward the arch. Following treatment, the patient wore intermaxillary elastics to aid in its final positioning. The obtained results were very satisfactory where in the initial CT scan tooth 13 was in an almost impossible angle for the traction to be performed. Proper occlusion of teeth in Class l canine relationship was achieved with great harmony and aesthetics.
Descriptors: Impacted tooth, corrective orthodontics, computed tomography.
1 Doutor em Ortodontia – FOB/USP, Professor – Departamento UNIEURO.
2 Doutora em Ortodontia – FOB/USP.
3 Pós-Doutora em Ortodontia – FOB/USP.
4 Especialista e Mestranda em Ortodontia – UNIARARAS.
5 Doutor em Odontologia – FOP/UNICAMP, Professor do Departamento de Ortodontia – UNIARARAS.
6 Livre-docente em Ortodontia – USP, Professor Titular da disciplina de Ortodontia – FOB/USP.
Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Controle por meio de tomografia computadorizada para tracionamento de caninos superiores permanentes não irrompidos – relato de caso"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close