, ,

Conicidade de preparos para coroas totais em prótese fixa


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Devido à importância da realização de preparos com conicidade adequada, procurou-
-se através desse trabalho de pesquisa mensurar a habilidade de alunos de graduação em
Odontologia de reproduzir as corretas inclinações dos preparos. Foram avaliados sessenta e
sete dentes artificiais preparados em manequins odontológicos por alunos, sendo G1: incisivo
central superior direito (n=28), G2: canino superior direito (n=27) e G3: segundomolar inferior direito (n=12). Os ângulos de convergência mesio-distal e vestíbulo-lingual/palatino de
cada preparado foram medidos com auxílio do microscópio digital Dino Lite. Os dados obtidos mostraram que os grupos G1 e G2 apresentam maiores valores de conicidade no sentido
vestíbulo-lingual, enquanto o G3 apresenta maiores valores de conicidade no sentido mesio-
-distal. Os dados da presente pesquisa corroboram com resultados encontrados na literatura,
uma vez que que os valores de conicidade são maiores que os preconizados na literatura e
através do questionário se observou que houve assimilação de conhecimento teórico em
relação ao preparo de dentes, favorecendo a tomada de decisões quanto à adequação dos
métodos de ensino da disciplina de Prótese Fixa da presente Instituição de Ensino Superior.
Descritores: Prótese dentária, coroas, preparo do dente, estudantes de Odontologia.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Conicidade de preparos para coroas totais em prótese fixa"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close