, ,

Reação do tecido subcutâneo de rato à implantação do MTA branco e Ultrapex com e sem própolis


R$56,00

  Perguntas e Respostas

O objetivo deste estudo foi comparar a reação do tecido subcutâneo de rato, frente a implantação de MTA branco-Angelus e Ultrapex com e sem própolis. Tubos de polietileno, preenchidos com MTA branco, MTA branco+própolis, Ultrap ex e Ultrapex+própolis foram implantados em tecido subcutâneo de 21 ratos Wistar (Rattus norvegicus). Os animais foram mortos aos 30, 45 e 60 dias. O tecido contendo o implante foi removido e processado histologicamente. Cortes seriados de 5µm foram corados pela hematoxilina e eosina em que se avaliou a
intensidade do infiltrado inflamatório, característica da cápsula fibrosa e dispersão do material. A esses dados foi aplicado o teste do Qui-quadrado o qual se observou diferença estatisticamente significante entre os quatro materiais experimentais. O MTA branco+própolis foi o que apresentou uma menor reação tecidual, seguido do MTA branco, Ultrapex+própolis e Ultrapex. Aadição da própolis melhorou o comportamento biológico dos materiais em teste.
Descritores: Materiais dentários,tecido conjuntivo, própolis

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Reação do tecido subcutâneo de rato à implantação do MTA branco e Ultrapex com e sem própolis"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close