, ,

Avaliação do espaço aéreo faríngeo em pacientes submetidos ao tratamento ortopédico-ortodôntico – revisão de literatura


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 7– Número 26 – 2014 Artigo de revisão (Review article) Página 230-237 Avaliação do espaço aéreo faríngeo em pacientes submetidos ao tratamento ortopédico-ortodôntico – revisão de literatura Pharyngeal airway space evaluation in patients submitted to orthopedicorthodontic treatment – literature review Daniela Maria Costa N. S. de Oliveira1 Vania Cristina Santana2 José Hermenergildo dos Santos Júnior3 Resumo O tamanho do espaço nasofaringeano pode apresentar-se diminuído pela sua própria estrutura anatômica ou pela presença da tonsila faríngea hipertrófica (adenoide), e o espaço bucofaríngeo pode estar diminuído pela postura inadequada de língua, decorrente de uma respiração bucal, provocando alterações no padrão normal de crescimento e efeitos deletérios na oclusão. Pacientes com distúrbios respiratórios podem apresentar um crescimento craniofacial mais vertical determinado por fatores genéticos influenciados ou não por fatores ambientais. Um tratamento ortopédico-ortodôntico bem conduzido pode viabilizar uma relação normal de crescimento craniofacial, orientando o desenvolvimento das bases ósseas, aumentando as dimensões transversas da maxila e, consequentemente, aumentando a largura nasal, permitindo, desta forma, um padrão respiratório mais eficiente. A precocidade do tratamento viabiliza a instituição de melhor abordagem ortodôntica (aplicação da ortopedia funcional de maxilares), fonoaudiológica, fisioterapêutica e, principalmente, que o paciente não apresente lesões irreversíveis, como em alguns casos de apneias graves do sono. A cefalometria é o exame por imagem onde, além de observar as características do esqueleto craniofacial, ainda é possível mensurar o espaço aéreo faríngeo. Descritores: Ortodontia, adenoide, respiração bucal.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Avaliação do espaço aéreo faríngeo em pacientes submetidos ao tratamento ortopédico-ortodôntico – revisão de literatura"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close