,

Síndrome de Kelly – relato de caso


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Pacientes que fazem uso de prótese total superior que antagonizam com arcadas Classe I de Kennedy apresentam sinais clínicos característicos da “Síndrome da
Combinação’’. Essa síndrome foi descrita por Kelly em 1972 e é composta por cinco
modificações, sendo elas: Perda óssea na região anterior do rebordo superior; extrusão dos dentes naturais anteriores inferiores; aumento das tuberosidades maxilares;
perda óssea na região posterior do arco inferior e hiperplasia papilar da mucosa do
palato duro. Diante disso, o objetivo do presente trabalho é relatar o planejamento e o
tratamento clínico odontológico executado por alunas de graduação na Faculdade de
Odontologia Imed, em Passo Fundo – RS em uma paciente do sexo feminino portadora
da Síndrome da Combinação (SC). Conclui-se que, ao se planejar adequadamente uma
reabilitação de pacientes com SC, é importante levar em conta as alterações presentes
na mesma, pois somente desta maneira é possível devolver ao paciente função mastigatória adequada, fonética, estética, restabelecimento de dimensão vertical de oclusão,
suporte labial e uma relação maxilo-mandibular mais próxima do ideal, proporcionando, assim, uma melhor qualidade de vida ao paciente.
Descritores: Prótese Total, dentadura parcial removível, perda óssea osteoclástica.

Categorias: ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Síndrome de Kelly – relato de caso"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close