, ,

Próteses parciais removíveis não convencionais – parte I


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Dentes perdidos podem ser melhor substituídos empregando próteses fixas dento ou implanto
suportadas. Contudo, algumas limitações como fatores econômicos, culturais, sociais, saúde
geral, distribuição dos dentes, extensão do espaço protético e espessura do rebordo, podem
limitar o emprego dessas próteses. Desta forma, a prótese parcial removível (PPR) torna-se uma
alternativa segura e confiável quando a prótese fixa não pode ser indicada. Embora apresente
desvantagens, a PPR convencional preenche todos os requisitos para reabilitar qualquer área
edêntula, pois recupera dentes e estruturas associadas perdidas (osso e tecidos moles). Entretanto,
algumas alterações como modificações do desenho da infraestrutura, mudança do eixo de
inserção, combinação com implantes, tipo de dentes utilizados na prótese (artificial ou natural),
dentre outras, podem ser realizadas para melhorar o conforto, satisfação e estética do paciente.
Nesses casos há a transformação da PPR convencional em não convencional. Este trabalho tem
como objetivo revisar os tipos de PPRs não convencionais, assim como suas vantagens, desvantagens,
indicações e contra-indicações, na esperança de que mais cirurgiões-dentistas (CD) possam
considerar seu uso quando a situação aparecer.
Descritores: Prótese parcial removível. Planejamento de prótese dentária. Estética dentária.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Próteses parciais removíveis não convencionais – parte I"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close