, ,

Estudo da prevalência da hipodontia em uma população jovem


R$56,00

  Perguntas e Respostas

As hipodontias estão entre as anomalias dentárias mais comuns, sendo que a falta de elementos dentários permanentes pode trazer sérios prejuízos ao desenvolvimento ósseo e funcional dos indivíduos, além de poder comprometer a estética. Conhecer a prevalência dessa anomalia pode ajudar ao Cirurgião-Dentista no estabelecimento de condutas para a detecção precoce e consequente intervenção, a fim de minimizar os problemas. Este estudo foi realizado com o objetivo de se avaliar a prevalência das agenesias em uma população jovem. Foram avaliados os prontuários de 200 pacientes entre 9 e 20 anos de idade, não sindrômicos e sem história pregressa de exposição a fatores conhecidamente causadores de falha no desenvolvimento dentário. A partir dos resultados obtidos neste estudo, foi possível concluir que a prevalência das agenesias na população estudada foi de 19% dos pacientes acometidos, sem preferência entre os gêneros e com maior ocorrência em terceiros molares, seguidos dos incisivos laterais superiores e dos prémolares.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Estudo da prevalência da hipodontia em uma população jovem"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close