, ,

Enfisema subcutâneo associado à utilização de caneta de alta rotação durante remoção de enxerto – relato de caso


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
O enfisema subcutâneo consiste na entrada de ar nos tecidos moles e cavidades do corpo
como resultado de um procedimento cirúrgico, patologia ou trauma. Em Odontologia representa uma condição rara. Os casos relatados geralmente têm relação com o uso de canetas
de alta rotação, no entanto, também já foi descrito com o uso do jato de ar da seringa tríplice
em procedimentos endodônticos e restauradores. Caracteriza-se pelo edema súbito e difuso
que pode envolver a região periorbitária, bochechas, submandibular ou cervical. Este trabalho
descreve um relato de caso clínico de enfisema subcutâneo em uma paciente submetida à
remoção de enxerto autógeno de linha oblíqua mandibular com a utilização de caneta de alta
rotação para reconstrução óssea de maxila previamente à colocação de implantes. No terceiro
dia notou-se sensível melhora quanto ao inchaço periorbitário e regressão do mesmo nos dias
subsequentes. Embora o enfisema subcutâneo seja pouco frequente e inócuo, normalmente
se resolve sem sequelas de maneira espontânea dentro de alguns dias, pode migrar ao longo
dos planos fasciais para estruturas profundas, podendo resultar em sérias complicações. O
correto diagnóstico é fundamental a fim de evitar maiores complicações.
Descritores: Transplante ósseo, enfisema subcutâneo, implantação dentária, equipamentos odontológicos de alta rotação.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Enfisema subcutâneo associado à utilização de caneta de alta rotação durante remoção de enxerto – relato de caso"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close