, ,

Efeito de diferentes métodos de remoção de remanescente adesivo na rugosidade superficial do esmalte após descolagem de bráquetes


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 10 – Número 40 – 2017 Artigo Original | Original article Página 42-46 Efeito de diferentes métodos de remoção de remanescente adesivo na rugosidade superficial do esmalte após descolagem de bráquetes Effect of different methods of adhesive remaining removal on enamel surface roughness after bracket debonding Marcele Carrozza Lage Gregório1 Tadeu Vieria de Barros Junior2 Francielle Toposki3 Alexandre Moro4 Gisele Maria Correr5 Resumo O objetivo deste estudo foi comparar diferentes métodos de remoção do remanescente adesivo após a descolagem de bráquetes em relação à rugosidade superficial do esmalte. Trinta pré-molares com superfície lingual íntegra e sem fraturas foram selecionados. Os dentes foram submetidos à profilaxia com pasta de pedra-pomes e água e fixados individualmente com auxílio de uma morsa à bancada de trabalho. A rugosidade superficial de cada espécime foi medida com auxílio de um rugosímetro. Foram efetuadas três leituras em posições diferentes e a média das leituras foi utilizada. Após a leitura inicial os bráquetes foram colados utilizando a resina Transbond XT, de acordo com as instruções do fabricante. Os espécimes foram armazenados em estufa a 37ºC e 100% de umidade por 24hs. Depois os bráquetes foram removidos e os espécimes foram aleatoriamente distribuídos em 3 grupos (n=10) de acordo com o sistema utilizado para remoção do remanescente adesivo: broca multilaminada 12 lâminas (Jet), pontas de óxido de alumínio (DHPRO) e pontas de fibra de vidro (Fiberglass). Uma segunda leitura de rugosidade foi realizada, seguindo os mesmos parâmetros descritos. Em seguida, os espécimes foram submetidos ao polimento com pasta de pedra-pomes e água e uma terceira leitura foi realizada. Os dados foram submetidos à análise estatística (ANOVA p<0,05). Não houve diferença estatística significativa nos valores de rugosidade superficial entre os grupos (p>0,05), independentemente do momento de avaliação. Conclui-se que os métodos avaliados não interferiram na rugosidade superficial do esmalte, sendo seguros para utilização na remoção do remanescente adesivo. Descritores: Esmalte dentário, braquetes, Ortodontia. Abstract The objective of this study was to compare different methods of remaining adhesive removal after bracket debonding in relation to enamel surface roughness. Thirty premolars with intact lingual surface without fractures were selected. The teeth were submitted to prophylaxis with pumice paste and water and then set individually with the aid of a vise to the workbench. Surface roughness of each specimen was measured by a roughness meter. Three readings were performed in different positions and readings average was used as the roughness value for each specimen. After the initial reading brackets were bonded using the Transbond XT resin, according to the manufacturer’s instructions. The specimens were stored at 37°C and 100% humidity for 24 hours. After the brackets were removed, the specimens were randomly divided into 3 groups (n=10) according to the system used to remove the remaining adhesive (laminated drill – Jet, aluminum oxide tips – DHPRO and fiberglass tips – Fiberglass). A second roughness reading was performed following the same parameters described. Then the specimens were polished with pumice paste and water and a third reading was performed. Data was subjected to statistical analysis (ANOVA p<0.05). No statistically significant differences in surface roughness values was found among the groups (p>0.05), regardless of evaluation time. It can be concluded that the methods evaluated did not affect the enamel surface roughness and are safe for use when removing the remaining adhesive. Descriptors: Dental enamel, brackets, Orthodontics. 1 Aluno do Curso de Especialização em Ortodontia – Universidade Positivo. 2 Aluno do Programa de Mestrado Profissional em Odontologia Clínica – Universidade Positivo. 3 Professora do Curso de Odontologia – Universidade Positivo. 4 Professor Associado – UFPR, Graduação e Pós-graduação em Ortodontia, Professor dos Programas de Mestrado e Doutorado em Odontologia – Universidade Positivo. 5 Professora dos Programas de Mestrado e Doutorado em Odontologia – Universidade Positivo.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Efeito de diferentes métodos de remoção de remanescente adesivo na rugosidade superficial do esmalte após descolagem de bráquetes"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close