, ,

Descrição de um método para determinação do espaço aéreo naso e bucofaríngeo


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Descrição de um método para determinação do espaço aéreo naso e bucofaríngeo
Diferenças no tamanho do espaço naso e bucofaríngeo são encontradas numa população
em quase toda a sua totalidade devido a tendências hereditárias. Alterações funcionais causadas
pela redução do espaço naso e bucofaríngeo ocasionadas por hipertrofia da adenoide têm sido
associadas a desvios no padrão de crescimento esquelético-facial e a efeitos adversos no desenvolvimento
da oclusão. Consequentemente, ortodontistas e fonoaudiólogos viram-se na necessidade
de mensurar esse espaço. O objetivo deste trabalho é postular um cefalograma faríngeo que
seja utilizado pelo clínico como ferramenta segura para quantificar esse espaço, auxiliando-o no
diagnóstico e tratamento de pacientes. Para mensuração do espaço aéreo naso e bucofaríngeo
utilizaram-se 66 telerradiografias laterais de indivíduos com idade entre 12 e 21 anos, brasileiros
leucodermas, respiradores nasais, não submetidos a tratamento ortodôntico prévio e portadores
de oclusão normal segundo Andrews(1). O valor médio encontrado para o tamanho médio do limite
superior do espaço aéreo foi de 17,27 mm, e para a menor secção transversal do espaço aéreo
o tamanho médio foi de 9,71 mm. Considerando-se o limite inferior, o tamanho médio encontrado
foi de 13,41 mm, e, para a adenoide, o tamanho médio encontrado foi de 4 mm, mostrando que
esse cefalograma faríngeo é uma ferramenta segura e eficiente para o diagnóstico de obstrução
do espaço aéreo naso e bucofaríngeo.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Descrição de um método para determinação do espaço aéreo naso e bucofaríngeo"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close