, ,

Correção de mordida aberta anterior na dentição permanente – relato de caso


R$56,00

  Perguntas e Respostas

O presente trabalho relata o caso clínico de uma paciente de 18 anos, Classe I de Angle, com mordida aberta
anterior, cruzamento dos segundos molares inferiores e desvio da linha média superior. Após análises facial, cefalométrica e de modelo, optou-se por realizar extração dos 4 segundos pré-molares para corrigir a mordida aberta,
através da diminuição do ângulo eixo facial de Steiner e continuar com a fonoaudiologia já praticada pela paciente. Previamente foi feito o descruzamento dos molares por meio de elásticos intermaxilares e depois alinhamento e
nivelamento. Após as extrações dos pré-molares, procedeu-se com a perda de ancoragem posterior, favorecida
pelo uso de arcos de retração DKL-V, que teve suas arestas arredondadas na sua porção posterior, diminuindo o
atrito. Para a correção da linha média, foram instalados mini-implantes superiores e inferiores, em sentidos opostos, associados aos cursores e elásticos, que deslocaram a arcada superior para direita e a inferior para a esquerda. Além disso, a substituição do bráquete do canino para zero grau facilitou tanto a retração quanto a correção da linha média. Concluído o tratamento, foi instalada uma contenção fixa 3×3 inferior e uma placa Hawley superior.
Durante a proservação, após 2 anos do término da terapêutica, verificou-se a estabilidade dos trespasses vertical
e horizontal, bem como da relação canina, confirmando a eficácia do tratamento escolhido.
Descritores: Mordida aberta, procedimentos de ancoragem ortodôntica, Ortodontia corretiva.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Correção de mordida aberta anterior na dentição permanente – relato de caso"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close