, ,

Contração de polimerização das resinas compostas convencionais X resinas Bulk Fill – revisão de literatura


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Desde o surgimento das resinas compostas na década de 50, vários aperfeiçoamentos
nas propriedades físicas e mecânicas ocorreram visando suprir as necessidades qualitativas. O
trabalho proposto visa apresentar uma revisão de literatura acerca do comportamento das resinas compostas frente à contração de polimerização e o surgimento das resinas do tipo Bulk
Fill, que propõem características inovadoras utilizando incrementos de até 4 mm. As resinas
compostas passaram por diversas fases de diferenciação dos seus componentes a fim de controlar reações indesejáveis, como a contração de polimerização, sorção de água, rugosidades
superficiais, adaptação marginal, até chegar aos componentes nanoparticulados, com melhores propriedades químicas, físicas e mecânicas. Atualmente, surge um novo modelo de resina:
as resinas Bulk Fill, as quais permitem o preenchimento da cavidade com incremento único de
até 4 mm. As resinas ganharam novas formas. As alterações mecânicas e físicas melhoradas
beneficiam a qualidade operacional e a técnica restauradora. A nova proposta dessas indica a
redução do estresse de contração, diminui os riscos dos efeitos indesejáveis pós-operatórios e
possui o tempo operacional reduzido.
Descritores: Polimerização, resinas compostas, Dentística operativa.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Contração de polimerização das resinas compostas convencionais X resinas Bulk Fill – revisão de literatura"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close