, ,

Comparação in vitro do efeito da clorexidina 2% e do hipoclorito de sódio a 2,5% na dissolução de tecido pulpar.


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Este artigo tem o objetivo de avaliar a capacidade da clorexidina solução aquosa a 2% e do hipoclorito
de sódio a 2,5% em dissolver o tecido pulpar bovino. Para avaliar a dissolução foram utilizadas 9 polpas
bovinas que foram colocadas em um sistema de fluxo constante de solução, por meio de uma bomba
peristáltica para simular o processo de irrigação e aspiração no momento do tratamento endodôntico.
Foi utilizado um método gravimétrico, em que o fragmento pulpar foi pesado, posto em dissolução por
15 minutos e depois pesado novamente. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente utilizando
Kruskal–Wallis e Mann–Whitney U-test. A clorexidina a 2% e a solução salina não promoveram a dissolução do tecido pulpar, não havendo diferenças estatísticas entre eles (p>0.05). O hipoclorito de sódio
promoveu 100% de dissolução. Assim, concluiu-se que a clorexidina não tem a capacidade de dissolver
tecido pulpar bovino, não sendo indicada como irrigante de canais radiculares para essa finalidade.
Descritores: Dissolução de tecidos, clorexidina, hipoclorito de sódio.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Comparação in vitro do efeito da clorexidina 2% e do hipoclorito de sódio a 2,5% na dissolução de tecido pulpar."

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close