,

Comparação da posição do incisivo inferior na sínfise em jovens brasileiros leucodermasermas e nipo-brasileiros com oclusão normal


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 13 – Número 52 – 2020

Artigo Original

Página 107-114
Comparação da posição do incisivo inferior na sínfise em jovens brasileiros leucodermas, xantodermas e nipobrasileiros com oclusão normal

Jose Guerra¹
Maria P. Seminario¹
Julio Vigorito²
Marcos Roberto de Freitas¹
Guilherme Janson¹
Arnaldo Pinzan¹

Resumo
Objetivo: Comparar as medidas angulares e lineares, utilizando como parâmetro a análise de Vigorito em Leucodermas, Xantodermas e Nipo-brasileiros para obter os valores médios de normalidade; comparar os valores obtidos e as diferenças entre os grupos e o dimorfismo entre os sexos. Material e Métodos A amostra retrospectiva foi constituída de 103 telerradiografias em norma lateral de indivíduos brasileiros jovens com oclusão normal. Essa amostra foi dívidida em três grupos: Grupo I com 38 indivíduos Leucodermas, Grupo II, com 33 indivíduos Xantodermas and Grupo III, com 32 indivíduos mestiços Nipo-Brasileiros. Essas radiografias foram digitalizadas utilizando o scanner Scan Maker i800 e as variáveis cefalométricas próprias da análise foram medidas através do software Cephx 4.5.14. e comparadas estatisticamente. A compatibilidade das idades foi analisada utilizando o teste ANOVA seguido de teste de Tukey. O dimorfismo sexual foi avaliado com teste t independente e a comparação entre grupos foi realizado pelo teste ANCOVA seguido de teste de Tukey. Resultados: Os indivíduos femininos dos grupos Leucoderma e Nipo-Brasileiros apresentaram diferenças estatisticamente significantes para o dimorfismo sexual, mostrando um perfil facial mais convexo e incisivo inferior menos protruído. Além disso os indivíduos Nipo-Brasileiros apresentaram uma protrusão maxilar significantemente menor, quando comparados com indivíduos Xantodermas e Leucodermas. Este último grupo também apresentou uma protrusão do incisivo inferior, quando comparado com Nipo-Brasileiros e Xantodermas, respectivamente. Conclusões: Os indivíduos Leucodermas, Xantodermas e Nipo-Brasileiros com oclusão normal apresentaram algumas diferenças dentoesqueléticas, dentárias, faciais e entre os sexos em relação à sínfise mandibular. Assim se justifica a individualização dos padrões cefalométricos desses diferentes grupos.

Descritores: Grupos étnicos, incisivo, cefalometria.

Categorias: ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Comparação da posição do incisivo inferior na sínfise em jovens brasileiros leucodermasermas e nipo-brasileiros com oclusão normal"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close