, ,

Correção da má oclusão de Classe ii assimétrica utilizando ancoragem absoluta


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 10 – Número 38 – 2017 Coluna Como Se Faz Página 23-33 Correção da má oclusão de Classe II assimétrica utilizando ancoragem absoluta  Asymmetrical Class II malocclusion correction using absolute anchorage José Augusto Mendes Miguel1 Luciana Quintanilha Pires Fernandes2 Diego Junior da Silva Santos3 Introdução Classe II de Angle Subdivisão A Classe II de Angle subdivisão é caracterizada por uma alteração na relação oclusal anteroposterior em somente um dos lados. É uma má oclusão frequentemente encontrada na rotina clínica dos ortodontistas, que abrange aproximadamente 50% dos casos de Classe II17. Pode ser classificada em Tipo 1, quando a causa da assimetria é o molar inferior em uma posição mais distal, ou em Tipo 2, quando o molar superior está em uma posição mais mesial. Em alguns casos, ambos os arcos encontram-se alterados. De acordo com Janson et al (2007)8, 61,36% dos pacientes Classe II subdivisão de sua amostra eram do Tipo 1, 18,18% eram do Tipo 2 e 20,46% apresentaram uma combinação de ambas as características. Além disso, os autores observaram que os pacientes do Tipo 1 apresentaram mais assimetrias esqueléticas do que os do Tipo 2, quando comparados a um grupo controle portador de oclusão normal. Sanders et al (2010)15, ao avaliarem tomografias computadorizadas de feixe cônico de pacientes portadores de má oclusão de Classe II subdivisão, observaram que a etiologia dessa má oclusão foi predominantemente esquelética, com a presença de mandíbulas assimétricas, sendo de menor comprimento no lado afetado pela subdivisão. Portanto, seja de origem dentária ou esquelética, na maioria dos casos a etiologia da subdivisão está no arco inferior. Duas características importantes da má oclusão devem ser observadas durante o diagnóstico, com intuito de identificar a origem da subdivisão: as linhas médias dentárias e a simetria de molares superiores e inferiores. Na Classe II subdivisão do Tipo 1, a linha média inferior estará desviada para o lado da subdivisão e os molares inferiores estarão em posição assimétrica no sentido anteroposterior. Já no Tipo 2, a linha média superior estará desviada para o lado oposto da subdivisão e os molares superiores estarão em posição assimétrica no sentido anteroposterior. A análise das linhas médias dentárias e sua relação com a linha média facial pode ser feita durante o exame clínico e confirmada em uma análise mais detalhada de fotografias extraorais e exames de imagem, como tomografia computadorizada (Figura 1). Já a simetria de molares pode ser avaliada nos modelos de estudo, com auxílio de placas de simetria (ex: placa reticulada Schmuth) posicionadas na porção oclusal de cada modelo. 1 Professor Associado da Disciplina de Ortodontia – UERJ, Coordenador do Mestrado em Ortodontia – UERJ. 2 Disciplina de Ortodontia, Aluna de Mestrado em Odontologia – UERJ. 3 Disciplina de Ortodontia, Aluno de Doutorado em Odontologia – UERJ.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Correção da má oclusão de Classe ii assimétrica utilizando ancoragem absoluta"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close