, ,

Cisto ósseo traumático em pacientes submetidos ao tratamento ortodôntico


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Este artigo objetivou avaliar a prevalência do cisto ósseo
traumático (COT) por meio da coincidência entre o
diagnóstico do COT e o paciente que se apresenta para
tratamento ortodôntico. A amostra constou de 12.805
pacientes oriundos de clínicas privadas, cursos de graduação
e pós-graduação recrutados no período de 1990 e
2009. Inicialmente, cada profissional foi calibrado com radiografias
panorâmicas que não fizeram parte da pesquisa,
sobre as características e o diagnóstico de COT. O método
consistiu na aplicação de um questionário objetivo,
respondido por ortodontistas, com o objetivo de avaliar a
prevalência de cisto ósseo traumático no contingente total
de pacientes de cada profissional. O questionário de avaliação
interrogou cada profissional sobre o número total
de pacientes, bem como a quantidade de pacientes com
diagnóstico de COT, após a criteriosa avaliação dos exames
radiográficos panorâmicos. Evidenciou-se uma prevalência
de 0,02% de cisto ósseo traumático na população
estudada. A prevalência de COT foi muito baixa (1 em
cada 4268 pacientes ortodônticos examinados), entretanto,
por ser uma lesão assintomática, é de fundamental importância
a realização de exames imaginológicos a partir
dos 10 anos de idade para o seu diagnóstico.
Descritores: Cisto ósseo traumático, mandíbula, tratamento
ortodôntico.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Cisto ósseo traumático em pacientes submetidos ao tratamento ortodôntico"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close