, ,

Avaliação imuno-histoquímica de células de Langerhans e densidade microvascular em ameloblastomas


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Este estudo objetivou avaliar e correlacionar a microdensidade vascular (MDV) e a quantidade
de células de Langerhans (CLs) presentes em ameloblastoma (AB). Vinte e cinco lesões
em blocos parafinados de AB foram analisados através de técnica imuno-histoquímica onde
foram empregados dois marcadores, anti-CD1a e anti-CD207, para quantificar as células de
Langerhans, e o CD34 para avaliar a MDV. A imunomarcação para o CD1a, CD207 e CD34 foi
observada em 88% dos casos analisados, mostrando uma significativa associação estatística
(p = 0.001, Fisher’s test). Não foi observada correlação estatística entre MDV e CLs, nem relação
entre as imunomarcações com os tipos unicístico e sólido. No entanto, a imunomarcação
pelo CD1a e CD207 teve uma correlação estatisticamente significante (p valor = 0,001, teste

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Avaliação imuno-histoquímica de células de Langerhans e densidade microvascular em ameloblastomas"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close