, ,

Avaliação histológica e tomográfica do enxerto xenógeno em bloco para o preenchimento do seio maxilar


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 10 – Número 40 – 2019 CADERNO DE IMPLANTODONTIA Artigo original / Original article Página 61-66 Avaliação histológica e tomográfica do enxerto xenógeno em bloco para o preenchimento do seio maxilar Histological and tomographic evaluation of the xenograft block for filling the maxillary sinus Luis Eduardo Marques Padovan1 Marcelo Pedroso Pinto Ferraz2 Guilherme Oliveira3 Marcela Claudino4 Silvia Helena Marques Padovan Alves Meira5 Vanessa Helena Jamcoski2 Resumo O objetivo desse estudo foi avaliar, por meio de exame tomográfico e histológico, o comportamento do enxerto de osso bovino desproteinizado em cirurgias de elevação de soalho de seio maxilar. A amostra foi constituída por 7 pacientes do gênero feminino que necessitavam de instalação de implantes osseointegrados para reabilitação do rebordo posterior edêntulo total ou parcial da maxila e apresentavam pneumatização do seio maxilar com necessidade de aumento vertical através de técnicas de enxertia. Os pacientes foram submetidos à cirurgia de elevação de soalho de seio maxilar, sendo que a cavidade sinusal foi preenchida com enxerto bovino desproteinizado em forma de bloco que foi mantido fixo dentro do seio maxilar por meio de um parafuso de fixação do enxerto. Após 6 meses do procedimento cirúrgico, foi executada uma avaliação tomográfica para verificação do aumento da disponibilidade de tecido ósseo e análise histométrica das biópsias para avaliação da composição do tecido reparado. Verificou-se que houve aumento da altura do rebordo alveolar. Antes do procedimento cirúrgico era de 4,10 ± 2,03 mm e no momento da instalação dos implantes era de 19,04 ± 2,45 mm. Em termos de composição do tecido enxertado, foi verificado que houve a presença de 15,66% de tecido ósseo, 28,83% de biomaterial e 55,49% de tecido mole. Dessa forma, concluiu-se que a utilização de blocos de osso bovino desproteinizado em cirurgias de elevação de seio maxilar foi eficiente no aumento da disponibilidade óssea, o que permitiu a instalação de implantes. Descritores: Transplante ósseo, implantes dentários, seio maxilar, substitutos ósseos. Abstract The aim of this study was to evaluate, by means of tomographic and histological examination, the behavior of deproteinized bovine bone graft blocks in maxillary sinus floor elevation surgeries. The sample consisted of 7 female patients who requires the installation of osseointegrated implants for rehabilitation of the posterior or total edentulous maxilla, that presented pneumatization of the maxillary sinus with the need for vertical increase through grafting techniques. Patients underwent maxillary sinus floor elevation surgery and the sinus cavity was filled with a deproteinized bovine graft in the form of ablock that was kept fixed inside the maxillary sinus by means of a graft ixation screw. After 6 months of the surgical procedure, a tomographic evaluation was performed to evaluate the increase of the availability of bone tissue and histometric analysis of the biopsies to evaluate the composition of the repaired tissue. It was verified that there was an increase in the height of the alveolar ridge. Before the surgical procedure was 4.10 ± 2.03 mm and at the moment of the installation of the implants was 19.04 ± 2.45 mm. In terms of the composition of the grafted tissue, it was verified that 15.66% of bone tissue was present, 28.83% of biomaterial, and 55.49% of soft tissue. Thus, it can be concluded that the use of deproteinized bovine bone blocks in maxillary sinus surgeries was efficient in increasing the bone availability that allowed the implantation of implants. Descriptors: Bone transplantation, dental implants, maxillary sinus, bone substitutes. 1 Prof. de Implantodontia – ILAPEO. 2 Me. em Implantodontia – ILAPEO. 3 Me. e Dr. em Periodontia – FOAR – Unesp, Prof. Adj. das disciplinas de Periodontia/Implantodontia – FOUFU. 4 Prof.ª de Periodontia – UEPG. 5 Profª. das disciplinas de Prótese/Clínica Integrada – UNIMAR/SP.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Avaliação histológica e tomográfica do enxerto xenógeno em bloco para o preenchimento do seio maxilar"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close