, ,

Avaliação das condições socioeconômicas, dos parâmetros clínicos e da autopercepção em saúde bucal dos pacientes atendidos na clínica de Graduação em Odontologia


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Entendendo que a condição de saúde bucal pode afetar a qualidade de vida (QdV) das
pessoas, este estudo busca avaliar a autopercepção dos pacientes atendidos na Clínica Odontológica das Faculdades Integradas São Pedro (FAESA, Vitória-ES), no que se refere à saúde
bucal, e como esta interfere no seu dia a dia e na sua QdV, a partir do preenchimento do
questionário de Oral Heath Impact Profile, versão simplificada (OHIP-14), correlacionando com
as condições socioeconômicas e os parâmetros clínicos (CPO-D – Dentes Cariados Perdidos e
Obturados e o Community Periodontal Index and Treatment Needs – CPITN ou IP – Índice Periodontal). O índice OHIP-14 foi obtido pelo método aditivo, sendo os pacientes distribuídos segundo gênero, idade, grau de instrução e renda, com nível de significância estatística de 5%.
O teste de comparação utilizado foi o teste paramétrico “t” para médias e ANOVA (análise de
variância). A amostra foi de 150 pacientes coletados. Concluímos que a maior percepção do
impacto foi encontrada no grupo feminino e que quanto maior a idade, maior o impacto na
saúde bucal (CPO-D e IP) e maior a autopercepção (OHIP-14). Esta pesquisa foi aprovada pelo
Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (CEP) – FAESA – protocolo nº 025/2011.
Descritores: Qualidade de vida, autoimagem, saúde bucal, cárie dentária.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Avaliação das condições socioeconômicas, dos parâmetros clínicos e da autopercepção em saúde bucal dos pacientes atendidos na clínica de Graduação em Odontologia"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close