, ,

Avaliação da resistência ao cisalhamento de tubos de colagem ortodônticos


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 1 – Número 2 – 2008 Páginas 162-165 Avaliação da resistência ao cisalhamento de bráquetes metálicos colados com resina fotopolimerizada com três marcas comerciais de diodo emissor de luz (led) Matheus Melo Pithon, Especialista em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL; Mestrando em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Márlio Vinícius de Oliveira, Especialista em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL. Antônio Carlos de Oliveira Ruellas, Mestre e Doutor em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ; Professor adjunto de Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ; Professor do curso de especialização em Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL. Eduardo Franzotti Sant’anna, Mestre e Doutor em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ; Professor adjunto de Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Luiz Antônio Alves Bernardes, Mestre em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ; Professor do curso de especialização em Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL; Diplomado pelo Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial. Fábio Lourenço Romano, Mestre e Doutorando em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba – Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP; Professor do curso de especialização em Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL.. O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência ao cisalhamento da colagem e o Índice de Remanescente do Adesivo (IRA) de bráquetes metálicos fotoativados com quatro diferentes aparelhos de diodo emissor de luz (LED). Sessenta incisivos inferiores permanentes bovinos foram incluídos centralizados em tubos de PVC com resina acrílica com a face vestibular perpendicular a base do troquel. Na face vestibular foram realizadas profilaxia com pedra-pômes sem flúor e água por 10 segundos, lavagem e secagem pelo mesmo período de tempo. Após isso condicionamento do esmalte com ácido fosfórico a 37% por 30 segundos, lavagem e secagem por 20 segundos, aplicação do XT Primer sobre o esmalte e colagem propriamente dita. As colagens foram fotoativadas por 40 segundos. No Grupo 1 com LED (Ortholux LED, 3M Unitek, Monrovia, USA), No Grupo 2 com LED (Ultraled, Dabiatlante, Ribeirão Preto, São Paulo), no Grupo 3 com LED Streamlight (Stylus, USA) e no Grupo 4 com LED Optilight (Gnatus, Ribeirão Preto, São Paulo). Após a colagem, os bráquetes foram imersos por 24 horas em água destilada em estufa com temperatura de 37°C e em seguida submetidos ao ensaio de resistência ao cisalhamento em máquina universal de ensaios (Instron) com velocidade de 0,5mm/min. Os valores médios de resistência adesivo encontrados foram de 8,12 MPa para o Grupo 1, 1,88 MPa para o Grupo 2, 1,03 MPa para o Grupo 3 e 3,80 MPa para o Grupo 4. Foram encontradas diferenças estatísticas significativas entre os grupos com relação à resistência ao cisalhamento da colagem. Na avaliação do IRA, ocorreu um maior número de fraturas na interface bráquete/compósito nos grupos 1, 2 e 4, restando uma maior quantidade de material aderido ao esmalte após a descolagem nesses grupos. Palavras-chave: bráquetes ortodônticos; resistência ao cisalhamento; colagem dentária; luz

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Avaliação da resistência ao cisalhamento de tubos de colagem ortodônticos"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close