, ,

Avaliação da perda da crista óssea relacionado com o desenho do implante para carga imediata


R$56,00

  Perguntas e Respostas

A crescente utilização de carga imediata nos procedimentos implantodônticos levou a indústria
a desenvolver desenho de implantes dentais específicos para essa finalidade. O aumento
da estabilidade inicial é um dos principais fatores para essas alterações. O presente trabalho
apresenta uma análise em 30 pacientes que receberam um total de 36 implantes na região de
pré-maxila, sendo verificado uma taxa de sucesso da carga imediata em 97,22% dos casos. Dois
grupos foram criados, sendo que no Grupo 1 (G1) os sítios implantados áreas sem exodontia e
no Grupo 2 (G2) os sítios com implantações em alvéolos. O objetivo foi de medir e comparar o
índice de perda da crista marginal em torno desses implantes, fazendo-se medições em radiografias
periapicais nos diferentes períodos: 7, 120, 240 e 360 dias após as implantações. Neste
estudo pôde-se concluir que a colocação de carga imediata teve um índice de sucesso dentro dos
parâmetros esperados e descritos na literatura. No entanto, o desenho do modelo de implante
utilizado, com espiras progressivas e divergência da porção cervical do seu corpo, permite que
seja aplicado um grande torque durante sua inserção cirúrgica, podendo assim, causar uma compressão
exagerada sobre a crista óssea e, consequentemente, sua reabsorção, fato comprovado
quando comparado os dados obtidos nos dois grupos.
Descritores: Carga imediata, crista óssea, desenho de implantes dentais

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Avaliação da perda da crista óssea relacionado com o desenho do implante para carga imediata"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close