, ,

Associação de toxina botulínica e fios de polidioxanona na região glabelar


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Vol. 1 – Número 4 – 2020 Relato de caso Página 14 Associação de toxina botulínica e fios de polidioxanona na região glabelar Weider de Oliveira Silva¹ Paula Stéffani de Aguiar Duarte² RESUMO Nos últimos anos, verificou-se uma enorme evolução nas técnicas não invasivas aplicadas ao rejuvenescimento facial. O conhecimento maior acerca das alterações anatômicas envolvidas na ação do envelhecimento foi  acompanhado por crescente avanço na maneira de abordar estas alterações também pelo aumento de substâncias e tecnologias empregadas nesta abordagem. Com relação às inúmeras técnicas utilizadas para o rejuvenescimento facial, atualmente, os fios de polidioxanona (PDO) e a toxina botulínica vêm ganhando ênfase, especialmente quando usados nos tratamentos do terço superior da face. Apresentamos ao longo deste artigo o caso de uma jovem que foi submetida ao uso de fios de PDO e toxina botulínica, com o objetivo de diminuir as linhas de expressão e rugas presentes na região frontal glabelar, a qual é uma região nitidamente conhecida pelos riscos na utilização de ácido hialurônico. Descritores: Rejuvenescimento facial, fios de sustentação e toxina botulínica. ¹ Esp. em Harmonização Orofacial, Esp. e Me. em Implantodontia, Esp. em Dentística, Esp. em Prótese Dentária – ABO Taguatinga. ² Esp. em Dentística – ABO Taguatinga, Esp. em Prótese Dentária – ABO Taguatinga.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Associação de toxina botulínica e fios de polidioxanona na região glabelar"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close