, ,

Análise das tensões sobre os dentes e núcleos intrarradiculares variando o material e a quantidade de remanescente coronário pelo método 3D de elementos finitos


R$56,00

  Perguntas e Respostas

Resumo
Um fator de insucesso bastante frequente na terapia com núcleos metálicos fundidos é
a fratura radicular dos dentes suportes. Essa situação é afetada pela quantidade de estrutura
coronária remanescente, bem como o tipo de liga metálica utilizado. O objetivo deste estudo
é comparar as tensões e sua distribuição em um dente incisivo central superior. Para isto,
este dente foi reconstruído virtualmente a partir de uma tomografia computadorizada e, por
fim, exportado para um software de edição de modelos visuais Ansys Design Modeler v10
(Ansys Inc., Canonsburg, PA, EUA). Foram analisados ainda, neste trabalho, a variação de
três fatores de projeções dentinárias, bem como suas interações. Houve a criação de grupos:
um modelo controle sem projeção e outros catorze modelos variando a projeção dentinária
e o material utilizado na confecção do núcleo metálico fundido. A disponibilidade de 1,5
mm de estrutura dentária cervical remanescente, que proporciona o efeito férula, aumenta
a resistência à fratura da raiz, fratura do núcleo e deslocamento do núcleo. A presença da
férula resulta, também, em uma menor tensão na dentina do que a sua ausência. Dessa forma,
a presença da férula, a altura do remanescente e o material utilizado para a confecção
do núcleo metálico fundido são variáveis que afetam diretamente as tensões que atuam
sobre o dente tratado endodonticamente.
Descritores: Análise de elementos finitos, fraturas dos dentes, pinos dentários.

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Análise das tensões sobre os dentes e núcleos intrarradiculares variando o material e a quantidade de remanescente coronário pelo método 3D de elementos finitos"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close