, ,

Análise da rugosidade superficial por perfilometria digital 3D do esmalte bovino microabrasionado por três diferentes pontas


R$56,00

  Perguntas e Respostas

A evolução de técnicas conservadoras contribui para uma melhora estética e a microabrasão
do esmalte vem sendo pesquisada e indicada como tratamento para remoção de manchas
superficiais do esmalte dentário. O objetivo deste estudo in vitro foi comparar através da
análise por perfilometria digital 3D, a rugosidade superficial (Sa) do esmalte bovino microabrasionado
com ácido fosfórico a 37% e pedra pomes (A) associado a três tipos de pontas aplicadoras:
taça de borracha (T), ponta cônica (C) e opal cups® (O). Para a análise de superfície
foram selecionados 9 espécimes, previamente planificados e divididos em 3 grupos (AT; AC;
AO) contendo 3 amostras cada. No presente experimento, optou-se por fazer 6 aplicações
de 10 segundos, utilizando método de aplicação mecânico, com rotação do micromotor de
12.000rpm, sendo a carga atuante sobre os espécimes de 30g. Observou-se que para as três
pontas houve diferença estatística significante entre a rugosidade superficial inicial (SaI AT =
0,023μm; AO = 0,026μm e AC = 0,026μm) e rugosidade superficial final (SaF AT = 0,384μm;
AO = 0,442μm; AC = 0,305μm; Wilcoxon, p<0,05). Os menores valores de rugosidade superficial
foram promovidos pela ponta cônica, seguidos por taça de borracha e Opal Cups®

Categorias: , ,

Com base em 0 avaliações

0.0 geral
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar "Análise da rugosidade superficial por perfilometria digital 3D do esmalte bovino microabrasionado por três diferentes pontas"

Ainda não há avaliações.

Informações Gerais

Não há perguntas ainda.

CARRINHO DE COMPRAS

close